Passionate People

Estilos de vida, recursos e conteúdo


para pessoas com mobilidade reduzida

Como avaliar se uma cadeira de autopropulsão vai ao encontro das suas necessidades?

cadeira-de-autopropulsao

Uma cadeira de rodas de autopropulsão de encartar tem duas rodas traseiras largas para propulsão e é desenhada para permitir que o utilizador de cadeira de rodas possa, de forma manual e independente, mobilizar-se enquanto se mantém sentado. Ao contrário, existem cadeiras de rodas que são empurradas por um acompanhante, que têm rodas pequenas traseiras e foram desenvolvidas para serem empurradas por um acompanhante/ cuidador.

Quando determinar se uma cadeira de rodas de autopropulsão de encartar é certa para si, é importante que considere estes três fatores: a pessoa, o ambiente e as atividades diárias.

A pessoa

Comece com o básico, a cadeira tem que ter o tamanho certo. Se não tiver o tamanho certo vai influenciar na postura, pele, conforto e capacidades para desempenhar tarefas de forma independente. A largura do assento deve ser igual à largura da anca (medida anatómica de referência tem com ponto de referência o grande trocânter) mais uma polegada (no máximo). A profundidade deve ser a medida desde os glúteos até ao vinco atrás do joelho (mais conhecido como região polítea devido à sua posição na fossa poplítea) menos uma polegada. Os apoios de pernas devem ser colocados a uma altura que suporte ângulos de 90º, ou o mais próximo possível dessa posição.

Para uma cadeira de rodas de autopropulsão de encartar, deve considerar a posição das rodas largas traseiras e a capacidade do utilizador propulsionar confortavelmente e repetidamente durante muito tempo, fazendo-o com o máximo de eficiência energética para minimizar episódios de dor e desconforto.

O ambiente

Quando um indivíduo perde alguma capacidade de controlo de alguma parte da sua vida, quer seja devido a barreiras físicas ou sociais, depois o ambiente por si próprio pode ser considerado deficiente. Por exemplo, a cadeira de rodas de autopropulsão que é mais larga e por isso tem um diâmetro de viragem mais largo, deve ser sempre recomendada tendo em consideração o contexto onde vai ser usada. Considerações simples como o tipo de piso, a largura entre portas e as alturas dos móveis em casa/ local de trabalho são muito importantes para que a cadeira se insira no ambiente diário do utilizador.

A ocupação

Finalmente é essencial rever em que atividades é que participa e em que tipo de ambiente. A cadeira de rodas de autopropulsão de encartar suporta o ambiente em que se insere? O suporte postural, a liberdade de movimentos, a acessibilidade, tudo tem impacto nas tarefas como cuidados pessoais, produtividade e lazer.

Considerando cada componente de forma individual, não é suficiente para determinar se a cadeira vai ao encontro das suas necessidades, analise a situação de forma holística e intrínseca, seja avaliado por um profissional de saúde e determine se este é realmente o tipo de cadeira para si.

As cadeiras de rodas küschall da Invacare podem ser uma boa opção. Consulte os modelos Compact, Ultra-Light e Champion.

Summary
Author