Passionate People

Estilos de vida, recursos e conteúdo


para pessoas com mobilidade reduzida

As cadeiras de rodas Küschall são líderes no design e funcionalidade

Küschall

As cadeiras de rodas Küschall são líderes no mundo das cadeiras de rodas. Elas revolucionaram a indústria no que toca ao design e funcionalidade. O design, qualidade, performance e facilidade de uso tornaram a Küschall numa excelente escolha para muitos utilizadores. Aprender um pouco sobre a história e design das cadeiras pode ajudá-lo a decidir se uma cadeira de rodas küschall é o melhor para si.

A história das cadeiras de rodas Küschall

Rainer Küschall sofreu um acidente na piscina quando tinha 16 anos que o deixou instantaneamente tetraplégico. Aquele acidente pode ter mudado a sua vida, mas ele não permitiu que ele a terminasse.

Os primeiros dois anos foram difíceis. O Rainer passou grande parte do seu tempo acamado e a trocar de hospital. Depois de muitos estudos e debates médicos, ele foi parar ao hospital de Stoke Mandeville, que rapidamente se tornou no maior centro de reabilitação para casos complexos de lesão medular.

Enquanto paciente do hospital, o Rainer descobriu a alegria de se escapar do seu mundo restrito através do desporto. Numa primeira fase, ele e outros jovens eram os únicos capazes de aproveitar simples atividades como ténis de mesa. Depois rapidamente evoluíram para corridas em cadeiras de rodas e mesmo corrida de carros.

Rainer-kuschall

Rainer Kuschall – fundador da marca Kuschall

 

Ao longo dos anos, o Rainer acumulou 21 medalhas paralímpicas, numerosos recordes mundiais e, nos anos 90, conquistou o seu objetivo final de se tornar no recordista mundial da maratona.

Através das suas experiências com mobilidade adaptada, os talentos de engenharia do Rainer vieram ao de cima. Em 1978, aos 30 anos, de forma a ir ao encontro das suas necessidades pessoais para melhor mobilidade e independência, Rainer fundou a Küschall AG.

O Rainer inventou a primeira cadeira simples de chassis aberto em 1985. Isto mudou a vida de muitos utilizadores. Infelizmente, as suas inovações foram copiadas por concorrentes, pois na altura não haviam regras no que toca à Proteção Internacional da Marca. Mas o Rainer continuou com a sua visão para a Küschall AG, e muitos mais desenvolvimentos se seguiram.

A sua linha de produto foca-se no que é conhecido como “cadeiras ativas”. Estas cadeiras são desenvolvidas para utilizadores que não têm controlo nas suas pernas, mas continuam a ter força no tronco e braços.

A faixa etária dos utilizadores Küschall situa-se a partir dos 10 anos. As cadeiras Küschall permitem que o utilizador seja visto como uma pessoa antes da cadeira ser observada. Alguns modelos são também facilmente encartáveis, mas rígidos, para as tornar transportáveis e estáveis. As cadeiras não foram desenvolvidas para parecer um obstáculo, mas sim para facilitar e tornar o estilo de vida do utilizador mais ativo.

Design do monotubo

Historicamente, as cadeiras de rodas são um produto pesado. Era habitual os utilizadores precisarem de ajuda de terceiros, em vez de permitirem que fossem manobradas de forma independente. Em 1985, o Rainer Küschall desenvolveu uma cadeira de rodas que era 40% mais pequena do que a média das cadeiras no mercado. Ele conseguiu reduzir também o peso da cadeira de 25 para 14 kilogramas.

Ao reduzir o peso e ao adicionar novos ajustes para o assento, o Rainer aumentou o número de utilizadores para estas cadeiras. De facto, ele estabeleceu o design do monotubo que se tornou o mais comum na construção das cadeiras de rodas.

O design do monotubo usa uma peça de metal única para conectar todas as peças da cadeira. O tubo segura as rodas, está debaixo do assento e curva para baixo para se unir ao patim. Isto elimina o uso de mais metal que torna a cadeira mais pesada e incómoda.

Naquela altura, a cadeira a que o Rainer chamou de “Competition” (conhecida como Champion 300 nos EUA) foi revolucionária. E mantém-se como standard para cadeiras de design simples.

Graças ao seu design bonito e funcional, a cadeira “Competition” ganhou um prémio do Museu de Arte Moderna em 1986, tornando-se no primeiro dispositivo médico na coleção do MoMA.

Valores küschall

As cadeiras de rodas Küschall têm uma performance de condução que tem que ser sentida para ser compreendida. Quando se senta na cadeira de rodas sente a dinâmica de resposta da cadeira. Ela tem uma grande agilidade e vira com facilidade.

A sua performance e eficiência são fantásticas. Um impulso nas rodas e ela anda uma grande distância até precisar de um segundo impulso. O design do monotubo também dá à cadeira uma melhor aerodinâmica. Não existe relação entre as peças de metal e a estrutura, o que torna a cadeira completamente rígida e durável. Os materiais são de alta qualidade.

Na küschall, a forma segue a performance. Cada componente da cadeira é projetado especificamente para complementar a performance de condução da cadeia de rodas. Os utilizadores podem sentir as superfícies que estão a explorar, já que a cadeira se torna uma extensão do seu corpo.

A cadeira deve ser completamente configurada ao utilizador para o utilizador atinga o máximo de performance. Uma boa performance não se consegue apenas com uma cadeira leve e durável, mas com a personalização que dá ao utilizador máximo controlo.

Alguns revendedores Invacare foram treinados para medir e adequar as cadeiras ao utilizador. Isto permite que o utilizador aproveite a experiência da sua Küschall e experiencie a liberdade e mobilidade que ela proporciona.